Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Professora formada em jornalismo pela Universidade Federal Fluminense (1990), tendo também cursado história na mesma instituição. Fez mestrado (1995) e doutorado (2000) em Comunicação e Cultura na Universidade Federal do Rio de Janeiro. É professora da Escola de Comunicação da UFRJ, onde coordenou o curso de jornalismo (2004-2007) e o Programa de Pós-Graduação (2013-2014). Foi responsável pela redação do livro Jornal Nacional: a notícia faz história e é autora do livro Imprensa e história no Rio de Janeiro dos anos 50. Organizou diversas coletâneas, como Mídia e Memória (com Lúcia Ferreira), Comunicação e História (com Micael Herschmann), Mikhail Bakhtin: linguagem, cultura e mídia (com Igor Sacramento) e História da Televisão no Brasil (com Igor Sacramento e Marco Roxo). É diretora de Comunicação e Memória da Intercom (Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação) e integrante do Obitel (Observatório Ibero-Americano da Ficção Televisiva). Suas áreas de interesse e pesquisa são mídia, memória e história dos meios de comunicação. Atualmente, desenvolve as pesquisas "História da Mídia e Itinerância das Imagens" (Capes) e "Mídia, Memória e Amnésia: o jornalismo e a cultura da nostalgia no mundo contemporâneo" (CNPq). Coordena o projeto "Memória do Jornalismo Brasileiro".

  

Professora Associada 

Departamento: de Fundamentos da Comunicação

Contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Site:

 

 

ENSINO

Disciplinas na Graduação

 

 

Disciplinas na Pós-Graduação

 

 

PESQUISA

  • Patrimoines-Images-Médias-Identité (PIMI)

O projeto Patrimoines-Images-Médias-Identités (PIMI) foi aprovado no PICS - Projet International de Coopération Scientifique, um programa de apoio do CNRS - Centre National de la Recherche Scientifique para projetos de cooperação científica, com vigência de três anos, a partir de janeiro de 2015. O projeto reúne vários laboratórios de pesquisa que praticam há anos uma cooperação científica. Visa encorajar políticas em relação aos arquivos audiovisuais, assim como desenvolver trocas em torno de ferramentas e métodos de análise dessas fontes. Tem como objeto a diversidade de processos de patrimonialização dos arquivos televisivos e midiáticos na França e no Brasil desde os anos 1980 até nossos dias. O projeto PIMI se concentra na análise da paisagem audiovisual dos dois países numa abordagem comparativa e através de quatro aspectos, a fim de revelar suas identidades culturais: 1. O arquivo audiovisual e seu patrimônio, 2. Programas de televisão e gêneros midiáticos comparados, 3. Estudo das formas televisivas de narrativa e encenação do testemunho e 4. Proposta de formação de doutorado: oficina digital de conhecimento em Ciências Humanas e Sociais.

  • Mídia, Memória e Amnésia: o jornalismo e a cultura da nostalgia no mundo contemporâneo
  • História da Mídia e Itinerância das Imagens  

Grupos de Pesquisa:

  • Comunicação e Saúde (FIOCRUZ)
  • Núcleo de Estudos e Projetos em Comunicação (UFRJ)
  • Mídia, memória e história (UFF)
  • Imprensa e circulação de ideias: o papel dos periódicos nos séculos XIX e XX (FCRB)


Áreas de interesse:
 História da Ciência, História da Mídia, História do Brasil

 

 

EXTENSÃO

 

 

ATIVIDADES ADMINISTRATIVAS

  •  Presidente da Comissão de revalidação de diploma de curso de Jornalismo

 

OUTRAS ATIVIDADES ACADÊMICAS

  • Editora da ECO-PÓS, revista do Programa de Pós-Graduação
  • Diretora de Comunicação e Memória da Intercom
  • Membra de corpo editorial dos periódicos: Eco-Pós (UFRJ); Ciberlegenda (UFF), RECIIS: Revista Eletrônica de Comunicação, Informação em Saúde e Revista Brasileira de História da Mídia (RBHM)

 

SUGESTÃO DE LINKS

 

 

 


 

Topo