Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

 

Prazo máximo de integralização: 14 segmentos.

Duração recomendada: 8 segmentos.

Número mínimo de horas (CNE): 2700.

Duração em anos (CNE): Mínima:4 ... Máxima:7

Reconhecimento: Portaria Portaria 707 de 18/12/2013 publicado no Diário Oficial da União em 19/12/2013.

Aprovação do Currículo: Processo 0205080152, de 08/05/2002, publicado no Boletim Interno da UFRJ em 08/05/2002.

Observações: Como disciplina complementar podera o aluno cursar disciplinas de outras unidades da UFRJ, desde que aprovadas pelo coordenador do curso. O CONDEP, na reunião de 18/11/2010, aprovou a reorganização das disciplinas do 4º, do 5º e do 6º períodos. Importante salientar que a disciplina ECA251 deixou de ser optativa para ser obrigatória (5º período) e a disciplina ECL385 (5º período) deixou de ser obrigatória. Para pleitear acesso ao ciclo profissional, em qualquer habilitação, o aluno deverá cumprir um mínimo de quinze disciplinas obrigatórias do ciclo básico e os dois laboratórios de comunicação (A e B). Quando atinge essas condições, é facultado ao aluno aguardar, para exercer o direito de escolha, até, no máximo, um período adicional cursando disciplinas faltantes ou outras complementares.

 

 

CLIQUE AQUI PARA FAZER O DOWNLOAD DO FLUXOGRAMA DAS DISCIPLINAS DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA

 

 

Complementares de Habilitação

 

• Organização e produção de eventos (ECA001)
(Departamento de Métodos e Áreas Conexas)

Na cultura organizacional contemporânea é recorrente o uso do marketing cultural e da cultura do entretenimento como forma de fortalecimento da identidade de marca das Instituições. A disciplina se propõe a refletir sobre essa prática, discutindo-a conceitualmente e ainda operacionalizando as suas ferramentas para a produção do evento Interseção - Semana de Propaganda e Marketing da ECO-UFRJ, que entrou para o calendário da escola no ano de 1999, sob a coordenação docente da professora da disciplina.

Bibliografia:


Programa:

 

Créditos Carga Horária
Teórica Prática
3.0 0 60

 

 

• Produção em mídias digitais (ECA005)
(Departamento de Métodos e Áreas Conexas)

Elaboração, desenvolvimento e instalação de arquivos complexos para meios digitais. Produção de animação 2D e 3D. Arquivos de peças publicitárias desenvolvidos em linguagem HTML.

Bibliografia:


Programa:

 

Créditos Carga Horária
Teórica Prática
4.0 0 60

 

 

• Comunicacão e Estatística (ECA245)
(Departamento de Métodos e Áreas Conexas)

Conceitos e noções fundamentais. Séries estatísticas. Preparação de dados para análise estatística. Ealaboração de tabelas e gráficos. Captação, oraganização e análise de dados sobre produtos e mercados. Aplicação de softwares estatísticos.

Bibliografia:
CASTRO, L.S. V. Pontos de estatística e exercícios. Rio de Janeiro: Âmbito Cultural, 1995.
FONSECA, J. S. Curso de estatística. São Paulo: Atlas, 1995.
MILONE, G. , ANGELI, F. Estatística aplicada. São Paulo: Atlas, 1996.
TOLEDO, G. L. , OVALLE, I.I. Estatística básica. São Paulo: Atlas, 1997.

Programa:

 

Créditos Carga Horária
Teórica Prática
2.0 30 0

 

 

• Cálculo de custos e matérias primas (ECA351)
(Departamento de Métodos e Áreas Conexas)

Organização das empresas de comunicação. Custos editoriais. Administração de recursos. Análise de custos. Preparação de orçamentos. Matérias-primas e insumos. Tipos de impressão, custo industrial, lucro e margem de distribuição, cálculo de preço. Políticas governamentais para matérias-primas.

Bibliografia:
DUTRA, René Gomes. Custos – uma abordagem prática. São Paulo: Atlas, 1995.
LEWIS, Colby. Manual do produtor de TV. São Paulo: Cultrix, 1971.
SANTANNA, Armando. Propaganda, teoria, técnica e prática. São Paulo: Pioneira, 1998.
SANTOS, Reinaldo. Vade-mécum da comunicação. Rio de Janeiro: Destaque, 1998.

Programa:

 

Créditos Carga Horária
Teórica Prática
4.0 0 60

 

 

• Gravação e Mixagem de Audio (ECA354)
(Departamento de Métodos e Áreas Conexas)

Tipos de microfones e sua utilização. Técnicas de gravação e mixagem de som. Operação em estúdio, operação em externa. Edição de som. Análise comparativa de gravações. O som no rádio, na televisão, no cinema, no teatro, no disco e no show ao vivo.

Bibliografia:
CYSNE, L. F. Áudio, engenharia e sistemas. Rio de Janeiro: Música e Tecnologia, 1998.
RUNSTEIN, R. E. Modern recording techniques. New York: Howard&Sons, 1974.
Revista Áudio, Música & Tecnologia. Rio de Janeiro: Música e Tecnologia
SETTE, H. Caixas acústicas e alto-falantes. Rio de Janeiro: Música e Tecnologia, 1998.
VALLE, S. Microfones, tecnologia e aplicação. Rio de Janeiro: Música e Tecnologia, 1998.

Programa:

 

Créditos Carga Horária
Teórica Prática
3.0 30 30

 

 

• Produção de Audiovisual (ECA355)
(Departamento de Métodos e Áreas Conexas)

Fases e equipe da realização de produto audiovisual privilegiando o ponto de vista da produção. O mercado hoje. Novas tecnologias e possibilidades profissionais. Análise de roteiro do ponto de vista da produção. Análise técnica, orçamento, cronograma.

Bibliografia:
AUMONT, Jacques. A estética do filme. Campinas: Papirus, 1994.
CHION, Michel. O roteiro do cinema. São Paulo: Martins Fontes.
METZ, Christian. A significação no cinema. São Paulo: Perspectiva, 1968.
METZ, Christian. Linguagem e cinema. São Paulo: Perspectiva, 1971.
XAVIER, Ismail. O discurso cinematográfico. Rio de Janeiro: Paz e terra, 1984.

Programa:

 

Créditos Carga Horária
Teórica Prática
3.0 30 30

 

 

• Marketing para rádio e TV (ECA370)
(Departamento de Métodos e Áreas Conexas)

Noções de pesquisas de marketing e de audiência. Comportamento da audiência. Análise do ambiente competitivo de RTV. Segmentação. Posicionamento. Composto de marketing para produtos de RTV. Comercialização dos produtos de RTV. Princípios de marketing.

Bibliografia:
CLARK, Walter e PRIOLLI, Gabriel. O campeão de audiência. São Paulo: Best Seller, 1991.
SILVA, Arlindo. A fantástica história de Silvio Santos. São Paulo: Editora do Brasil, 2000, 3a. edição.
KOTLER, Philip. Administração em Marketing: análise, planejamento, implementação e controle. São Paulo: Atlas, 1996.


Programa:

 

Créditos Carga Horária
Teórica Prática
3.0 30 30
Pré-requisito: Comunicação e marketing (ECA230)

 

 

• Computação gráfica para vídeo (ECA371)
(Departamento de Métodos e Áreas Conexas)

Teoria e prática da Computação Gráfica aplicada à Televisão. Princípios e fundamentos da constituição da imagem digital. Programas auxiliados por computador para desenho, tratamento de imagem, animação 2D e 3D.

Bibliografia:
BAXES, G. A. Digital Image Processing: Principles and Applications. John Wiley, 1994.
CORRIGAN, J. Computação Gráfica: segredos e soluções. Rio de Janeiro: Ciência Moderna. 1994.
KERLOW, I. V. The Art of 3-D: Computer Animation and Imaging 2nd Edition. John Wiley & Sons. 2000.
MACDONALD. L. W., LUO, M. R. Colour Imaging: Vision and Technology. John Wiley, 1999.
WATT, A. H. The Computer Image. Addison-Wesley, 1998.

Programa:

 

Créditos Carga Horária
Teórica Prática
3.0 30 30

 

 

• Administracao em Publicidade e Propaganda (ECA472)
(Departamento de Métodos e Áreas Conexas)

Administração: princípios, conceitos e funções. Teorias de administração. O ambiente sócio-organizacional. Modelos de gestão, cenários. Processo de organização. Organização inovadora. Planejamento e implementação de um plano de ação administrativo em publicidade e propaganda.

Bibliografia:
AMBROSIO, Vicente. Plano de marketing passo a passo. Rio de Janeiro: Reichman & Affonso, 1999.
CHIAVENATO, Idalberto. Teoria geral de administração. 2.ed. São Paulo: MacGraw-Hill do Brasil, 1979.
DRUCKER, Peter F. Introdução à administração. 2. ed. São Paulo: Pioneira, 1991.
FREITAS, Adriana Gomes. Introdução às teorias administrativas. Campinas: Alínea, 1998.
FREITAS, Maria Éster. Cultura organizacional: identidade, sedução e carisma? Rio de Janeiro: FGV. 1999.

Programa:

 

Créditos Carga Horária
Teórica Prática
3.0 30 30

 

 

• Comunicação Dirigida (ECA473)
(Departamento de Métodos e Áreas Conexas)

Estudo das técnicas da comunicação dirigida através de propaganda em meios impressos e eletrônicos da sua evolução histórica, fases e estilos, aprofundamento e extensão.

Bibliografia:
CAPLES, John. Como fazer sua propaganda fazer dinheiro. São Paulo: Makron Books, 1994.
FRANCESE, Peter. PIIRTO, Rebecca. Capturando clientes: como atingir em cheio os clientes que consomem o seu produto. São Paulo: Makron Books, 1995.
OSCAR, Daniel. ADDEN, Mac. Marketing direto para o varejo. São Paulo: Saraiva, 1995.
THROCKMORTON, Joan. Propaganda de resposta direta. S. Paulo: Makron Books, 1994.

Programa:

 

Créditos Carga Horária
Teórica Prática
2.0 30 0
Pré-requisito: ECA250, ECA361

 

 

• Comunicação e Cenografia (ECA475)
(Departamento de Métodos e Áreas Conexas)

O espacao cenico como instrumento de comunicacao. A linguagem da cenografia. Leitura e avaliacao de um projeto cenografico. Concepcao e planejamento de cenarios. A relacao entre cenografia, o figurino e a iluminacao.

Bibliografia:
ESSLIN, Martin. Uma Anatomia do Drama. Rio de Janeiro: Zahar, 1977.
MACKINTOSH, Iain. Architecture, Actor & Audience. Londres: Routledge, 1993.
RATTO, Gianni. Antitratado de Cenografia: variações sobre o mesmo tema. São Paulo: SENAC, 1999.
SILVA, R. J. G. (coord.). 100 Termos Básicos da Cenotécnica: Caixa Cênica Italiana. Rio de Janeiro: IBAC, 1992.
SVOBODA, Josef. I segreti dello spazio teatrale. Milão: Ubulibri, 1997.

Programa:

 

Créditos Carga Horária
Teórica Prática
2.0 30 0

 

 

• Comunicação Política Eleitoral (ECA482)
(Departamento de Métodos e Áreas Conexas)

Estudo da aplicação das técnicas de propaganda aos processos político e eleitoral no planejamento de campanhas.

Bibliografia:
PACHECO, Cid et.al. (org.). SERPA, Marcelo (consultoria editorial e de marketing). VOTO É MARKETING ? (II). Rio de Janeiro: Irradiação Cultural / UFRJ, 1998.
PACHECO, Cid et.al. (org.). SERPA. VOTO É MARKETING ? (I). Rio de Janeiro: UFRJ, 1995.
MAIA, César. Política é Ciência. Rio de Janeiro: Revan, 1998.

Programa:

 

Créditos Carga Horária
Teórica Prática
2.0 30 0

 

 

• Fotografia Experimental A (ECL023)
(Departamento de Expressão e Linguagem)

Especialização em teoria e história da fotografia, técnicas e processos experimentais. Fotografia convencional e digital para cinema, vídeo e web.

Bibliografia:


Programa:

 

Créditos Carga Horária
Teórica Prática
2.0 0 30

 

 

• Fotografia Experimental B (ECL024)
(Departamento de Expressão e Linguagem)

Especialização em teoria e história da fotografia, técnicas e processos experimentais. Fotografia convencional e digital para cinema, vídeo e web.

Bibliografia:


Programa:

 

Créditos Carga Horária
Teórica Prática
2.0 0 30

 

 

• Fotografia Experimental C (ECL025)
(Departamento de Expressão e Linguagem)

Especialização em teoria e história da fotografia, técnicas e processos experimentais. Fotografia convencional e digital para cinema, vídeo e web.

Bibliografia:


Programa:

 

Créditos Carga Horária
Teórica Prática
4.0 0 60

 

 

• Fotografia Experimental D (ECL026)
(Departamento de Expressão e Linguagem)

Especialização em teoria e história da fotografia, técnicas e processos experimentais. Fotografia convencional e digital para cinema, vídeo e web.

Bibliografia:


Programa:

 

Créditos Carga Horária
Teórica Prática
4.0 0 60

 

 

• Direção de Arte em Publicidade e Propaganda II (ECL027)
(Departamento de Expressão e Linguagem)

A direção de Arte Publicitária em meios digitais, eletrônicos e cinematográficos. Conceitos criativos, temas de campanha e direção de arte.

Bibliografia:
CESAR, Newton. Direção de arte em propaganda. São Paulo: Futura, 2000.
FARINA, Modesto. Psicodinâmica das cores em comunicação.13.ed. São Paulo: Edgard Blücher, 1987.
GLABER, Neal. Vida, o filme; como o entretenimento conquistou a realidade. São Paulo: Companhia da Letras, 1999.
WILLIAMS, Robin. Design para quem não é designer. São Paulo: Callis, 1985.

Programa:

 

Créditos Carga Horária
Teórica Prática
3.0 30 30
Pré-requisito: Direção de arte em publicidade e Propaganda I (ECL393)

 

 

• Expressão Linguagem Comunicação Política e Eleitoral (ECL028)
(Departamento de Expressão e Linguagem)

Estudo da expressão, linguagens e da aplicação das técnicas de propaganda aos processos político e eleitoral no planejamento de campanhas.

Bibliografia:


Programa:

 

Créditos Carga Horária
Teórica Prática
2.0 30 0

 

 

• Redação Publicitária II (ECL029)
(Departamento de Expressão e Linguagem)

Aprofundamento do estudo das técnicas de redação de propaganda em meios. O texto publicitário nas diferentes mídias. O spot radiofônico e o jingle. O roteiro audiovisual. Evolução histórica. Fases e estilos. Principais expressões brasileiras. Briefing publicitário e redação do anúncio. O anúncio como possível solução do problema mercadológico.

Bibliografia:


Programa:

 

Créditos Carga Horária
Teórica Prática
3.0 30 30
Pré-requisito: Redação Publicitária I (ECL254)

 

 

• Tópicos Especiais Criação A (ECL030)
(Departamento de Expressão e Linguagem)

Especialização em teoria e história dos processos criativos, técnicas e processos experimentais. Processos de criação para mídias convecionais e digitais.

Bibliografia:


Programa:

 

Créditos Carga Horária
Teórica Prática
4.0 60 0

 

 

• Tópicos Especiais Criação B (ECL031)
(Departamento de Expressão e Linguagem)

Especialização em teoria e história dos processos criativos, técnicas e processos experimentais. Processo de criação para mídias convencionais e digitais.

Bibliografia:


Programa:

 

Créditos Carga Horária
Teórica Prática
4.0 60 0

 

 

• Tópicos Especiais Criação C (ECL032)
(Departamento de Expressão e Linguagem)

Especialização em teoria e história dps processos criativos, técnicas e processos experimentais. Processo de criação para mídias convencionais e digitais.

Bibliografia:


Programa:

 

Créditos Carga Horária
Teórica Prática
2.0 30 0

 

 

• Tópicos Especiais Criação D (ECL033)
(Departamento de Expressão e Linguagem)

Especialização em teoria e história dps processos criativos, técnicas e processos experimentais. Processo de criação para mídias convencionais e digitais.

Bibliografia:


Programa:

 

Créditos Carga Horária
Teórica Prática
2.0 30 0

 

 

• Processos Gráficos (ECL239)
(Departamento de Expressão e Linguagem)

Processos industriais em diferentes formatos. Tipos de impressoras. Tipos de impressão. Equipamentos e filmes. Papéis e tintas. Fotolito. Fotolito digital. Tipos de provas. Escalas de cores. Relação custo/benefício da impressão em gráfica ou bureau. Novas tecnologias.

Bibliografia:
BENNETT, R. Elementos básicos da música. Rio de Janeiro: Zahar, 1990.
BENNETT, R. Uma breve história da música. Rio de Janeiro: Zahar, 1986.
BERNSTEIN, L. O mundo da música. Lisboa: Ed. Livros do Brasil, 1957.
GRIFFITHS, P. A música moderna. Rio de Janeiro: Zahar, 1997.
HARNONCOURT, N. O discurso dos sons. Rio de Janeiro: Zahar, 1990.

Programa:

 

Créditos Carga Horária
Teórica Prática
4.0 60 0

 

 

• Criação radiofônica (ECL255)
(Departamento de Expressão e Linguagem)

Formas e possibilidades expressivas da linguagem sonora. O rádio como arte do tempo. A linguagem escrita e a linguagem falada. Valores e características do meio rádio. Estrutura do texto radiofônico. Prática de redação, improviso e interpretação.

Bibliografia:
ECO, H. Viagem na irrealidade cotidiana. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1984.
MCLUHAN, M. Os meios de comunicação como extensões do homem. São Paulo: Cultrix, 1969.
ORTRIWANO, G. A informação no rádio. São Paulo: Summus, 1985.

Programa:

 

Créditos Carga Horária
Teórica Prática
3.0 30 30

 

 

• Roteiro e Redação de Audiovisual (ECL256)
(Departamento de Expressão e Linguagem)

O roteiro e os processos de produção audiovisual. Funções e usos do texto no audiovisual. O processo de criação e os elementos do roteiro. O drama. Formas de apresentação do roteiro. Diálogos e narração. Adaptação de obras literárias.

Bibliografia:
ARISTÓTELES. Poética. Os Pensadores. São Paulo: Nova Cultural, 1984.
CHION, Michel. O Roteiro de Cinema. São Paulo: Martins Fontes, 1989.
COIMBRA, Oswaldo. O Texto da Reportagem Impressa - um curso sobre sua estrutura – Cap.1 (A dupla face do texto), São Paulo: Ática, 1993.
COMPARATO, D. Da criação ao roteiro. Rio de Janeiro: Rocco, 1995.
SODRÉ, Muniz. O Monopólio da Fala – Função e Linguagem da Televisão no Brasil. Petrópolis: Vozes, 1989.

Programa:

 

Créditos Carga Horária
Teórica Prática
3.0 30 30

 

 

Topo