Serviços O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Pesquisar

 

Diretora:

Profª Carine Prevedello

Vice-Diretor:

Profº Sandro Torres

 

Contato:

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Dias e Horários de Atendimento:

Terça-feira, de 14h a 16h

Quarta-feira, de 11h a12h

Sala 135

 

 

Informações gerais e critérios para ingresso na habilitação aprovado pelo Conselho Departamental em 12 de agosto de 2019:

 

Para fazer jus à promoção ao Ciclo Profissional, em qualquer habilitação, o estudante do Ciclo Básico de Comunicação Social deverá cumprir um mínimo de quinze disciplinas obrigatórias referentes ao primeiro, segundo e terceiro períodos da grade curricular do curso, além de dois laboratórios de Comunicação (A e B). Quando atinge essas condições, é facultado ao estudante aguardar (para exercer o direito de escolha) até, no máximo, um período adicional cursando disciplinas faltantes ou outras complementares.

 

O processo de seleção para habilitações começa a partir do correto preenchimento do formulário próprio (http://www.eco.ufrj.br/images/graduacao/formularios/escolha-habilitacao.pdf) pelo estudante e subsequente entrega do mesmo na Seção de Ensino, impreterivelmente no período divulgado pela Direção de Graduação, através dos canais oficiais da ECO – via de regra ao longo de uma semana letiva na etapa final do semestre. Neste formulário, além de dados básicos (nome completo, DRE, e-mail e telefone), o estudante indica os laboratórios A e B que freqüentou com aprovação, bem como o número de disciplinas cursadas durante o Ciclo Básico. Ainda, ordena, por meio de numeração (de 1 a 4), as habilitações de sua predileção (Jornalismo, Produção Editorial, Publicidade e Propaganda e Radialismo).

 

Em função da separação dos cursos de Comunicação Social e de Jornalismo, o segundo semestre de 2019 é o último período em que são oferecidas vagas para a habilitação em Jornalismo no curso de Comunicação. Tal como ocorre na entrada do curso, 50% (cinquenta por cento) das vagas para cada habilitação são reservadas para alunos e alunas cotistas – de acordo com decisão aprovada pela Congregação da ECO em reunião ordinária de 13 de fevereiro de 2019.  Cabe à Direção de Graduação, em conjunto com as Coordenações das Habilitações, averiguar todas as informações constantes nos formulários, restringindo, enfim, a seleção para habilitações apenas aos estudantes que completamente atendem aos requisitos já elencados para promoção ao Ciclo Profissional. 

 

São critérios de prioridade para promoção à primeira opção de habilitação do Ciclo Profissional, por ordem de aplicação no momento da escolha:

(1º) Maior coeficiente de rendimento acumulado (CRA);

(2º) Maior número de disciplinas cursadas dentre as obrigatórias do ciclo básico;

(3º) Maior pontuação no concurso vestibular;

(4º) Maior idade do estudante.

 

Dessa forma, são ranqueados os coeficientes de rendimento de todos os estudantes envolvidos na seleção de habilitações, que são distribuídos de acordo com a primeira opção indicada na ordenação de preferência. Assim, inicialmente, a primeira opção de habilitação é o fator que define se o total de vagas de uma habilitação será completo ou, ao contrário, ainda disporá de vagas. 

 

Depois de acomodados os estudantes em primeira opção, conforme o coeficiente de rendimento acumulado de cada um, no caso de esgotamento de vagas de uma ou mais habilitações, os alunos e as alunas excedentes serão automaticamente distribuídos para as habilitações que não estiverem completas, ou seja, que ainda possuam vagas ociosas, seguindo, para tanto, o ordenamento indicado pelo estudante no formulário para escolha de habilitação.

 

A título de ratificação, o processo de seleção de habilitações visa dispor os estudantes nas habilitações de suas preferências. Estando distribuídos os alunos e as alunas pelas vagas disponíveis em cada habilitação, aqueles que não obtiverem coeficiente de rendimento acumulado suficiente para ingressarem em suas primeiras opções serão deslocados para as que possuírem vagas, procurando atender as ordens de predileção.

 

Findo o processo de seleção de habilitações, eventuais pedidos de troca de habilitação serão restritamente condicionados à disponibilidade de vagas. Tanto quanto, o estudante que não ingressar em habilitação de seu interesse, pode acionar o seu direito de permanecer mais um semestre no Ciclo Básico à Direção de Graduação, da forma que já foi mencionado, desde que o faça por escrito, mediante requerimento, em tempo hábil, antes do fim do prazo para ajustes na matrícula do semestre vigente.

 

Por fim, o estudante que ascender ao Ciclo Profissional sem ter cumprido algum crédito obrigatório do Ciclo Básico deverá cursar essa(s) disciplina(s) necessariamente até o término de sua graduação.

UFRJ Escola de Comunicação da UFRJ - ECO/UFRJ
Desenvolvido por: TIC/UFRJ